Estou de joelhos, meu corpo rachando da dor que engoli em seco por tantas vezes, agitando-se com soluços que não conseguia mais segurar, minha dignidade dissolvendo-se em lágrimas.
— Estilhaça-memeTh
Seus olhos estão apertados, sua testa franzida, seus lábios são dois pedaços de frustação forjados em um só. Dou um passo para trás e dez mil partículas se estilhaçam entre nós.
— Estilhaça-me
Seus olhos estão apertados, sua testa franzida, seus lábios são dois pedaços de frustação forjados em um só. Dou um passo para trás e dez mil partículas se estilhaçam entre nós.
— Estilhaça-me
Elas nunca perceberam que estavam vendendo suas almas a um grupo que estava planejava tirar vantagem de sua ignorância. Seu medo.
— Estilhaça-me
Ninguém mais se importa realmente com o conceito.
— Estilhaça-me
Restabelecer a igualdade, restabelecer a humanidade. Restabelecer a esperança, a cura e a felicidade.
— Estilhaça-me
Convicções, prioridades, preferências, preconceitos e ideologia dividiram-nos. Iludiram-nos. Destruíram-nos.
— Estilhaça-me
Tantos pensamentos me emaranham o cérebro e eu não consigo desatar a insanidade que só se complica. Eu deveria saber.
— Estilhaça-me
Poderia permanecer parada neste momento para sempre. Por um infinito segundo, sinto-me livre.
— Estilhaça-me
Cada centímetro de minha pele está enrubescendo. Tenho de me segurar ereta para evitar que caia para trás em seus braços.
— Estilhaça-me
Não penso no horror que me aguarda
— Estilhaça-me
Eu sou um número, uma missão, um objeto facilmente substituível. Não sou sequer uma lembrança na sua mente. Não sou nada.
— Estilhaça-me
Seu sorriso torto é diabolicamente calculado.
— Estilhaça-me
Encaro-o abertamente agora, todas as sensações amputadas; minha dor, um grito distante desconectado de meu corpo. Meus pés avançam por conta própria; meus lábios permanecem fechados, pois nunca haverá palavras para esse momento.
— Estilhaça-me
Há 15 mil sentimentos de incredulidade esburacando o meu coração. Sou tentada pela imprudência, desejando, desejando, desejando, em eterno desespero por aquilo que nunca posso ter.
— Estilhaça-me